terça-feira, 11 de outubro de 2011

Anti - social

As vezes me pergunto , o que sou , como sou e porque sou [ ...] 
é bom de vez em quando , parar pra pensar tanto no que você deseja fazer como o que você está fazendo
me pergunto  qual o motivo para criação desse post  , então percebi que não são as perguntas que movem o mundo , são as respostas . 
Tanto o mundo quanto a sociedade ,corrompem-se de maneira abrupta e isso me revolta de maneira correta e digna que chego ao ponto de ser   " anti-sociedade " . 
Hoje , as pessoas sequer desejam o bem ao próximo , entretanto desejam ser respeitados e tratados bem por todos . 
Vivemos uma série de antíteses e isso deve ser transformado em algo proveitoso , para que nossos filhos , netos , sejam dignos de uma vida melhor , um mundo melhor . Sem preconceitos , sem guerra , sem fome , sem pestes .Vamos eliminar qualquer conjunção adversativa ao que é certo .
Vivivamos de certeza , e assim , poderemos ter feito algo que possibilite uma geração de paz . 





- eu prefiro ser essa metamorfose ambulante , do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo  - 
Raul Seixas

2 comentários:

  1. aaah arrasou minha pitchuulinha *-*
    Escreve muito! =)

    ResponderExcluir